BI útil na crise: ele pode ajudar a enxergar melhores oportunidades e a gerenciar adequadamente seu cenário de riscos! Saiba mais!

4468

BI útil na crise: como ganhar um aliado com ele?

Momentos de crise e instabilidade econômica, especialmente em função de cenários externos, exigem atenção ainda maior das empresas para lidar com desafios.

A crise econômica que vivenciamos hoje e que tem afetado diversos mercados coloca as empresas em estado de alerta. Consequentemente isso força a gestão a enxugar orçamentos por conta da instabilidade. Ou, muitas vezes, também por conta da oscilação dos padrões de consumo e confiança do consumidor.

Para te ajudar a entender melhor a evolução do BI na gestão empresarial e como ele pode ser útil em situações de economia incerta trazemos a seguir algumas dicas essenciais! Veja a seguir projeções e tendências para isso nas companhias:

BI útil na crise: afinal, por que essa ferramenta pode ajudar?

O BI pode ser útil na crise por apoiar a gestão estratégica do negócio.

Isso porque ele é um processo completo: inclui a coleta, análise, compartilhamento e monitoramento de um conjunto de informações que a empresa possui para descobrir riscos, oportunidades e classificar indicadores de desempenho (KPIs) para suas diferentes áreas.

Com relatórios confiáveis ela consegue, então, visualizar muito melhor o que está acontecendo, podendo definir com maior clareza as ações que deve tomar (quer seja para corrigir falhas ou potencializar resultados), gerenciando riscos e aproveitando oportunidades.

Diferenciais do BI em momentos de crise:

Data Warehousing e aplicações

Ao instituir formas de a empresa trabalhar com bancos de dados digitais o processo de BI permite que a empresa extraia análises aprofundadas.

Com isso ela consegue automatizar processos antes demorados e não tanto confiáveis se feitos manualmente (como o recolhimento e “cruzamento de informações”), o que faz a empresa ganhar tempo e ser mais certeira.

Consequentemente ela obtém agilidade no ROI apostando em medidas certas que tragam o retorno esperado em tempo mais satisfatório.

Sem contar o uso de aplicativos personalizados com BI incorporado (ferramentas de BI e analíticas) que elevam a eficiência no uso da informação.

Dessa forma aplicações automatizadas também podem ser criadas para fornecer às empresas acesso sempre pronto aos dados necessários em cada momento e fortalecer práticas de self-service de BI, que entregarão às equipes maior rapidez e autonomia.

A integração de informações que também vem disso, por sua vez, permite menor ruído entre as áreas do negócio, auxiliando em resultados globais mais positivos.

Assim, as equipes trabalham em maior sincronia acarretando menores chances de retrabalhos (os quais podem atrasar operações e impactar financeiramente).

Redução de custos e maior controle sobre o negócio

A utilização de soluções de ERP (softwares de gerenciamento) e BI, ajuda no planejamento de recursos e também na redução de custos.

Em contextos assim, investimentos (que são necessários) não podem ser perdidos ou feitos de forma duvidosa e os recursos devem ser melhor geridos, o que requer estudo e cautela em relação aos pontos em que se deve agir.

Com os indicadores de performance e informações precisas pode-se reduzir custos com base em duas premissas: melhor aproveitamento de materiais x maior produtividade da equipe.

Utilizando informações a respeito de onde estão possíveis “gargalos” a gestão consegue também prevenir problemas e reduzir desperdícios.

Tendo informações sempre disponíveis os gestores conseguem ainda tomar decisões em tempo real, aproveitando insights e evitando que situações críticas se agravem e levem a gastos ainda maiores com correção de problemas.

Insights para a área comercial

Em uma economia mais vulnerável é natural que os consumidores procurem e avaliem ainda mais o melhor custo x benefício em relação a produtos e/ou serviços.

Desse modo, a empresa vai precisar gerenciar ainda melhor seu portfólio de produtos. Também precisará compreender as demandas do público e desenvolver soluções mais adaptadas.

Com BI a gestão consegue apresentar ideias mais estruturadas à área de desenvolvimento de produtos, por exemplo. E também dar maior suporte, com a apresentação de feedbacks, às áreas comerciais e de vendas.

O BI pode mostrar e comparar resultados por período, quais ações deram mais retorno, os insights coletados de diferentes canais e ajudar a identificar oportunidades, melhorando as vendas e negociações.

E então, sua empresa já conta com uma boa solução de BI para auxiliá-la na crise? Fale com a Kyros ou aproveite para ver como ter sucesso no seu projeto de BI .

Postado por Kyros Tecnologia em 17 janeiro, 2018


Comentários

POSTS RELACIONADOS