Utilizar corretamente suas possibilidades com os relatórios de BI é algo que pode ajudar bastante sua empresa nas tomadas de decisão! Veja os benefícios!

4414

Como utilizar os relatórios de BI?

Hoje em dia ter soluções de BI implantadas nos negócios é algo que já representa mais agilidade, confiança e eficiência no gerenciamento e ações de muitas empresas.

Ferramentas de inteligência são basicamente softwares que trabalham o processamento, organização a apresentação de informações para ampliar a visão de gestores sobre diversos cenários, inclusive os mais críticos, e garantir maior valor agregado à operação.

Também, melhor direcionamento para atitudes que promovam crescimento, maior aproveitamento de insights e atendimento da demanda dos clientes e do mercado.

O que são relatórios de BI?

Os relatórios são levantamentos de informações de fácil visualização a respeito do andamento de áreas do negócio (eles podem beneficiar finanças, área comercial, área de desenvolvimento, produtos, RH, entre muitas outras).

São, na verdade, um conjunto de dados organizados, estruturados e facilmente compreensíveis, que permitem (até mesmo incorporando gráficos) a correta ciência de números, resultados, problemas ou demais fatores que afetem determinada realidade de negócio.

A intenção é que forneçam apuração precisa e confiável (com muito mais segurança em relação a métodos manuais de sondagem) e funcionem como importante fonte de consulta e controle, mostrando um “raio-x” de diferentes partes do negócio.
Confrontando dados e servindo de base para o entendimento de indicadores de desempenho da atividade, inclusive mostrando relação entre causas, fatores ou performance e posição de equipes, auxiliam na melhor alocação e gestão de recursos dentro da empresa para gerar mais resultados.

Ou seja, permitem adaptar ações aos objetivos sabendo melhor o que está dando certo ou não.

Um dos grandes benefícios desse trabalho, logo, é a possibilidade de geração e utilização de relatórios bastante completos para esse fim.

De que modo utilizá-los?

Para fazer uso de relatórios de BI é preciso, em primeiro lugar, ter alguma ferramenta específica para isso instalada em sua empresa (a escolha de mais de uma ferramenta viabiliza aprimorar seus relatórios). É importante, caso necessário, contar com uma empresa especializada para dar suporte a essa implantação e seleção, pois existe inclusive, a opção de escolha por ferramentas que permitam trabalhar com relatórios pré-definidos (templates), dos quais seus usuários possam extrair registros de fontes de dados de forma simples e dinâmica.

Geralmente, os grupos que mais se beneficiam de ferramentas e relatórios de BI são líderes ou gestores, que precisam de agilidade para compor e interpretar os dados em seus relatórios.

Benefícios dos relatórios de BI e o que proporcionam

Dentre as diversas opções disponíveis, por exemplo, temos algumas das principais, como:

Ferramentas da Microsoft: nesse caso temos basicamente duas grandes referências, que são o Microsoft Power BI, que agrega ferramentas de análise eficientes em relação ao ambiente corporativo e comercial em si e também o SSRS, que é o SQL Reporting Services, que cria relatórios e listas interativas com o usuário, se preciso.

Qlik: por meio dele o usuário acessa e analisa dados de praticamente qualquer fonte (formato de texto, planilhas em Excel, bancos de dados do Access, XML, SQL Server, CRMs e Data Warehouse), conjugando-os de forma prática. Também permite trabalhar com a análise de indicadores de qualidade.

Cognos (IBM): já o Cognos é um tipo de software de gerenciamento de informações com muita visibilidade no mercado, com hospedagem em Cloud. É capaz de monitorar métricas e trabalhar com elevados volumes de dados e oferece forte suporte ao setor financeiro e de orçamentos.

Tableau: normalmente ofertada em duas versões (Desktop e Server), a plataforma Tableau organiza dados para encontrar soluções com velocidade (de 10 a 100 vezes mais que plataformas convencionais). Tem uma interface de fácil engajamento.

Pentaho: o Pentaho é uma ferramenta de código aberto. Ou seja, ela é um grupo de softwares livres, com diversas funcionalidades. Permite a criação de dashboards, garimpagem de dados e relatórios de BI pré-formatados (os chamados templates, de que falamos). Pode ser, portanto, muito útil para empresas que queiram comodidade ou que não estejam tão familiarizadas com o uso de ferramentas inovadoras.

SSIS, PowerCenter e DataStage: aqui existe a opção de igualmente integrar dados e trabalhá-los para tomada de decisões, sendo que no caso do SSIS é possível incluir tarefas, como resposta a e-mails e mensagens, como uma espécie de função automatizada inteligente. Já o PowerCenter integra dados com capacidade bastante dimensionável, enquanto o DataStage (também da IBM, como o Cognos) integra dados entre múltiplos sistemas, incluindo os de processos com Big Data.

DataManager: mais uma solução parceira da IBM, suporta análises de alto desempenho, executando operações ETL (de carregamento e transformação) com criação de tabelas em vários níveis, hierarquias e dimensões, podendo fornecer relatórios e levantamentos altamente precisos.

MicroStrategy: fornece acesso a relatórios integrados e completos, com boa usabilidade (facilidade de uso e navegação), além de poder ser gerenciado de acordo com as necessidades do cliente.

SAS Analytics: software que permite melhor visualização dos dados e procura se comportar de forma que o cliente possa saber sozinho, como organizá-los, trabalhá-los e interligá-los mais facilmente. Ou seja, é altamente intuitivo. A facilidade com que permite distribuir relatórios via web agiliza o trabalho dos gestores e até mesmo aumenta a colaboração para que decisões sejam tomadas e aplicadas o mais rápido possível na empresa.

SAP-BO: essa solução de Business Objects permite identificar novas oportunidades de negócio (insights) advindos de cenário interno e/ou externo com muito foco, sendo que possui o Business Objects Design Studio, opção que possibilita a formatação dos painéis também a partir de modelos pré-definidos, facilitando o trabalho.

Como, afinal, criar relatórios de BI para cada ferramenta?

Existem diversas formas de criar e utilizar relatórios de BI com cada ferramenta de BI disponível.

Mas isso vai depender basicamente das funcionalidades e propriedades de cada recurso instalado na empresa em si. No entanto, normalmente dentro da ferramenta escolhida pela empresa (que pode ser uma das citadas anteriormente, selecionadas com base nas melhores opções disponíveis no mercado) dela encontra a possibilidade de customizar e definir configurações para trabalhar com os dados da forma que lhe for melhor e mais conveniente.

Assim, a identificação de necessidades vai variar de empresa para empresa e contar com uma ferramenta que ofereça possibilidade de criar relatórios de BI cada vez mais adaptados e práticos à sua demanda, é importante para que a organização extraia o máximo possível da opção escolhida.

Para acessar um guia completo sobre essas possíveis ferramentas de BI para se investir clique aqui.

E então, gostou de entender melhor como a contribuição dos relatórios de BI pode ser grande para o sucesso da empresa? Precisa de ajuda com isso? Fale conosco! Lembre-se que é muito importante o fornecedor de BI possuir expertise na ferramenta que você deseja trabalhar! A Kyros é especialista no assunto e pode te auxiliar!

Postado por Kyros Tecnologia em 20 dezembro, 2017


Comentários

POSTS RELACIONADOS