7454
Investir ou não em nuvem? Veja as dúvidas mais comuns para tomar essa decisão

As adoções de serviços em nuvem têm crescido nas empresas, conforme a tecnologia avança e também se faz necessário reforçar a segurança a utilização de novos serviços que podem ajudar a tornar o dia a dia das equipes mais fácil, prático e ágil.

No entanto, algumas empresas ainda podem sentir dificuldade em tomar essa decisão, em função de muitas dúvidas que naturalmente aparecem em relação ao serviço.

Para te ajudar a entender se vale a pena investir ou não em nuvem em sua companhia neste momento, elencamos a seguir as dúvidas mais comuns dessa questão:

Diferenciais da nuvem privada

Há vários pontos que deve-se considerar ao pensar em uma nuvem pública ou privada. Um deles é se o negócio subsiste com uma nuvem pública. Aqui cabe explicar uma importante questão: muitas vezes, empresas que pensam em investir ou não na nuvem não entendem a diferença entre uma nuvem pública e uma privada ou até já utilizam a nuvem pública de alguma forma, mas não compreendem os diferenciais de uma nuvem privada.

Para modelos de negócios mais enxutos ou com que queiram utilizar serviços mais comuns e escaláveis a nuvem pública pode atender bem aos requisitos no começo, mas à medida que a empresa cresce e passa a demandar outros serviços, uma nuvem privada pode ser a melhor opção.

Isso porque um servidor cloud dedicado permitirá maior segurança, tranquilidade e “ajustes” na nuvem em relação a personalização e configurações que, em geral, as nuvens públicas permitem só até certo ponto.

Além disso, cabe falar da possibilidade de trabalhar com nuvem mista. Ou seja, utilizar um espaço híbrido enquanto a empresa não tem certeza se é o melhor investimento para o momento migrar todo o ambiente para um espaço privado ou ainda se estiver incerta se a equipe está preparada para descobrir e se adaptar a um novo jeito de trabalhar todo de uma vez.

Investimento e planejamento

A nuvem oferece flexibilidade.

Por isso, se sua empresa começou a crescer agora e você está se perguntando: “arrisco meu orçamento em infraestrutura ou invisto agora em áreas estratégicas para meu negócio crescer, desenvolver novos produtos e espero para contratar mais estrutura? ”, é hora de pensar que existe uma forma melhor de planejar essa gestão de recursos.

Uma das maiores vantagens de se trabalhar com a nuvem, de um modo geral, é que a empresa poderá adaptar seu investimento de acordo com a demanda que tem e a porção do serviço que desejar utilizar.

Assim, você também poderá ajustar esse serviço e manter o foco no business, em outras áreas que igualmente precisem de investimentos.

 Assim, a empresa consegue adaptar melhor seu planejamento para não investir em nenhuma solução que fique “ociosa”, tem fôlego para planejar seu crescimento com mais consciência, poupando para os momentos mais estratégicos, pagando somente pelo que for usar e tempo possibilidade de ampliar essa capacidade a qualquer momento, de acordo com seu potencial de investir e tendo maior previsibilidade de custos, adaptando-a à sua realidade orçamentária.

Necessidade de escalabilidade de negócios

Por fim, uma das principais dúvidas é se chegou a hora de sua empresa recorrer a outras soluções. Mais espaço e serviços personalizados com a nuvem podem atender a novas demandas que estão entrando em seu mercado ou equipes que estejam crescendo.

Se a sua empresa está crescendo e sente que a estrutura não está acompanhando, é essencial investir na escalabilidade para dar suporte à atividade e garantir que ela cresça de modo sustentável.

O importante é ter uma empresa ou consultoria especializada que possa dar maior segurança para sua empresa entender cenários e fazer escolhas, contando ainda com parceiros que tenham excelência de mercado e soluções robustas e eficientes para oferecer, como IBM e AWS.

E então, sente que é hora de investir em nuvem em sua empresa? Precisa de uma consultoria de TI especializada que possa traçar um diagnóstico de seu negócio e ajudá-lo a descobrir as melhores soluções para ela? Fale com a Kyros; podemos ajudar!

Postado por Kyros Tecnologia em 31 janeiro, 2020


Comentários

POSTS RELACIONADOS