Conduzir um processo de negócios certeiro e de sucesso exige conhecer a fundo os cenários para tomar decisões!
Assim, veja como BI e UX estão ligados!

6683

O que a análise preditiva ajuda a entender sobre seus negócios!

Gerenciar um negócio não é tarefa simples. Ainda mais por requerer visões de diferentes áreas e, se possível, uma tomada de decisões sempre integrada e ampla. É preciso compreender em quais pontos estão as dificuldades e potenciais da empresa para agir de maneira focada e também propícia a seu sucesso global.

Mas, entender tudo não é fácil e, principalmente com dados vindos de fontes cada vez mais diversas. A boa notícia é que esse montante de informações que pode proporcionar meios para que a empresa aperfeiçoe seu processo decisório. Entenda de que modo nesse contexto as chamadas análises preditivas podem contribuir para a melhoria de processos na empresa e para UX:

O que é análise preditiva em BI?

Você já deve ter ouvido falar em BI. Em suma, trata-se utilizar inteligência em negócios por meio de suporte de tecnologia para lidar com dados. Isso eleva a competitividade das empresas.

E uma das possibilidades de o BI trabalhar está no que se refere às chamadas “análises preditivas”, que podem ajudar empresas de diferentes segmentos, tanto as que contam com processos operacionais e de fabricação, quanto as que trabalham somente com gestão de negócios.

Ou seja, nesse panorama, a empresa consegue utilizar e analisar melhor dados de acontecimentos e situações atuais ou passados na empresa, comparando-os e também com indicadores e projeções do mercado ou informações obtidas junto aos clientes para traçar estratégias.

Essa análise pode ser demonstrada por meio de gráficos, por exemplo, dashboards e/ou relatórios que auxiliam na visão e entendimento das conjunturas envolvidas. Com isso, os decisores podem discutir melhor as medidas que serão tomadas.

Qual a importância para a empresa?

A área de marketing, embora não seja a única, é uma das que mais se valem dessas ferramentas hoje em dia para gerar importantes insights de negócio e adaptar seus processos, canais, produtos e demandas.

De acordo com dados comentados da IDC, o mercado de BI e Analytics, aliás, movimentará uma receita estimada em mais de US$ 187 bilhões neste ano (2019). E, segundo a Forbes, até 2020 a análise preditiva e prescritiva atrairá 40% dos investimentos empresariais em BI e BA. Isso denota também o quanto esse fator tem ganhado importância e recebido atenção das empresas e do mercado em geral.

Como pode auxiliar em questão de UX?

De diversas formas, direcionando ações da empresa no que se refere à experiência de seus usuários segundo apontamentos seguros e dados mais claros e estruturados de resultados e cenários.

Com isso, e fazendo a “comparação” desses dados com outras informações que a empresa tenha, é possível entender o que precisa ser melhorado, quais são as demandas e exigências dos clientes, trazendo diferenciais e insights para que a empresa trabalhe melhor as ações que executa junto a esse público.

Para isso, vale lembrar que UX não está ligado somente à experiência com o design e funcionalidade de um produto ou um serviço. Ele muitas vezes está ligado ao atendimento todo, ao conjunto do que o cliente experimenta entrando em contato com a empresa e optando por determinada oferta.

Em centrais de atendimento, a análise dos problemas apresentados, do tempo de espera, do tempo de ligações e das soluções apresentadas podem ajudar a empresa a instituir melhores protocolos e também atenção individual às demandas quando assim exigirem, o que aumenta a satisfação e contribui para a fidelização de clientes.

E então, sua empresa já conta com boas ferramentas de BI para auxiliar nesse processo? Deseja entender melhor como isso pode ser feito? Baixe nosso guia completo sobre como investir em BI ou fale com a Kyros! Estamos prontos a te ajudar!

Postado por Kyros Tecnologia em 8 fevereiro, 2019


Comentários

[e-Book] Guia completo para investir em BI

POSTS RELACIONADOS