8084
O que é APA?

Os avanços tecnológicos impactaram a forma como as empresas armazenam, compartilham e analisam dados e informações. Nesse contexto, o Analytic Process Automation (APA) está em alta.

Cada vez mais organizações aproveitam os benefícios dessa plataforma, que reúne em um único local analytics, ciência de dados eautomaçãode processos.

Uma pesquisa realizada pela IDC apontou que o tempo desperdiçado pelos analistas que não usam APA em busca de dados é de 51%. Interessante, não é mesmo?

Descubra nesse artigo o que é APA, seus benefícios e como aplicá-lo em empresas de todos os tamanhos e segmentos.

O que é APA?

O Analytic Process Automation (APA) ou, em português, Automação de Processos Analíticos consiste em uma tecnologia que possibilita a todos os departamentos de uma organização compartilhar informações com facilidade, transformar esses dados em resultados e automatizar processos complexos e maçantes.

Graças a essa plataforma, qualquer colaborador dentro da empresa consegue acessar insights sobre a operação e fazer previsões assertivas com base nessas informações, o que impacta diretamente na lucratividade do negócio.

Dessa forma, o APA representa uma grande vantagem competitiva.

Ao combinar em um único sistema Machine Learning, ciência de dados, automaçãode processos e inteligência artificial, o APA possui três grandes pilares:

1. Democratização das análises e dados: com a simplificação das análises e a ampliação da acessibilidade, todos na empresa podem usar essas informações e insights. Isso facilita o planejamento estratégico e a tomada de decisão.

2. Automatização e otimização de processos: ao automatizar fluxos de trabalho e processos analíticos complexos e repetitivos, oAPAacelera as ações e a geração de insights.

3. Empoderamento dos colaboradores: ao envolver todos os funcionários em uma plataforma centrada no usuário, todos têm acesso aos dados e resultados. Isso dissemina uma cultura analítica na organização.

Etapas do APA

A partir dos pilares citados acima, é possível dividir o APA em três etapas.

1. Dados e análises

Nessa etapa, os dados tornam-se mais acessíveis para todos na organização. Dessa forma, com todos acessando a fonte das informações, tem-se uma redução no tempo para coletar e preparar esses dados.

Por meio da tecnologia e usando recursos como inteligência artificial e Machine Learning, os colaboradores não precisam desenvolver habilidades específicas para produzir relatórios.

Essas informações são geradas automaticamente e em tempo real, de acordo com as necessidades de cada usuário.

2. Processos de negócios

O APA quebra barreiras por meio da automação inteligente de processos analíticos repetitivos e complexos, facilitando o fim das tarefas manuais. Isso traz melhorias significativas em processos como:

Processo da logística: Muitas atividades maçantes do departamento de logística podem ser automatizadas com o APA. Isso traz mais assertividade ao setor e produtividade aos colaboradores, que conseguem focar seu tempo em ações mais estratégicas.

Processo da análise: Antigamente, os funcionários perdiam horas coletando, organizando e analisando dados. Hoje, com plataformas como o APA, esses processos são muito mais simples e rápidos.

Outra grande vantagem é a redução da interferência humana e, consequentemente, menos chances de erros no momento de gerar os relatórios.

Processo da ciência de dados: Mexer manualmente com um grande volume de informação dentro de uma companhia é desafiador. Ao reunir softwares e plataformas que tratam esses dados em segundos, todos os departamentos saem ganhando.

Essa automação facilita ainda o cruzamento de informações de diferentes áreas para gerar insights importantes e que representam uma grande vantagem competitiva.

3. Qualificação do pessoal

O capital humano é o principal recurso de uma organização e possibilitar a evolução profissional dessas pessoas é outra vantagem do APA. Essa etapa é importante para desenvolver uma cultura analítica por meio de uma plataforma self-service.

Com os dados fáceis de acessar em aplicativos simples, é possível envolver os times nessa cultura, ampliá-la e torná-la a base para a tomada de decisões.

Dados importantes sobre a não aplicação do APA

Dados do IDC e do New Vantage Partners revelam que uma cultura organizacional semAPApossui problemas como falta de uma cultura de dados (72%), ausência de colaboração (28%) e tempo de resposta lento para as solicitações (29%).

informações do IDC, Forrester e EMA apontam que processos semAPApossuem como principais lacunas a falta de pensamento criativo e analítico, e a ausência de habilidades analíticas e estatísticas.

Todos esses problemas podem ser amenizados com a automaçãode processos e o acesso a dados proporcionados por essa plataforma.

Os processos fazem parte de qualquer companhia, sejam eles manuais ou não. O fato é que processos repetitivos demandam muito tempo dos envolvidos, além de dificultarem a localização de gargalos e oportunidades de otimização.

Ao investir em sistemas como oAPA, a empresa como um todo sai ganhando. A automação dos processos facilita a coleta de dados e informações sobre a operação, o que por sua vez permite analisar e gerar insights com mais precisão.

Esse tipo de transformação, quando implementada da maneira correta, provoca uma mudança na cultura da organização.

Uma empresa que toma decisões baseada em dados e gasta menos tempo em atividades manuais, e mais tempo planejando estratégias e ações, tem mais chances de obter sucesso no mercado.

O APAsurge nesse cenário como a plataforma ideal com seus três pilares e etapas para fortalecer a empresa e desenvolver uma cultura baseada em dados.

Você sabia que a Kyros tem parceria com a Alteryx que tem especialização e solução APA? Confira tudo sobre essa plataforma e nossa parceria.

Postado por Kyros Tecnologia em 15 outubro, 2020


Comentários