6819

RPA e Mobile: facilidades de automação no mobile

Já falamos em outro post sobre RPA e como a automação de alguns processos tem facilitado especialmente as tarefas operacionais de diversos setores em empresas (mas se não conhece ainda, tudo bem, você pode conferir já o nosso post explicando mais sobre isso aqui).

No entanto, no post de hoje, nos dedicaremos a explicar como esse tipo de tecnologia também está impactando e pode trazer eficiência a processos no mobile. Uma vez que o uso de dispositivos móveis, como smartphones e apps tem aumentado, RPA também está sendo visto como algo a contribuir nessa esfera, tanto para as empresas quanto para seus clientes.

Curioso para entender?!

Veja a seguir:

Entregas e logística

Na logística, além das inúmeras etapas que podem se desenrolar na própria fábrica, quando o caso, ou depósito e setor de cargas, RPA pode auxiliar no mobile.

Imagine a situação de rastreamento de entregas ou posicionamento dos respectivos pontos de parada, representação e colaboração ou mesmo dos consumidores a respeito da mercadoria que está para chegar.

Com RPA pode-se tornar o gerenciamento dessa logística muito mais facilitado, executando tarefas de organização e agilização automática de processos, que podem ser acompanhados por um programa, transmitindo informações essenciais sobre esse andamento ou condições adversas com muito mais eficiência, o que ajuda a estabelecer condutas automáticas e guiadas conforme os desafios e completude apresentados.

Bancos e serviços financeiros

Pagamento automático de contas, agendamento e demais facilidades “programadas” podem ser facilitadas via RPA no mobile.

Isso pode abranger operações em sistema online do banco, facilitando processos de transferências, pagamentos, investimentos e aplicações, de modo que o cliente tenha toda praticidade de fazer isso pelo seu celular ou programar tarefas, deixando-as agendadas.

Integração de equipes

Por fim, outra área em que RPA pode ajudar no mobile é na chamada integração de equipes, ou trabalho compartilhado.

Com processos automatizados, é possível que as equipes trabalhem mais “conectadas” de forma mais rápida.

Com RPA programado em alguns serviços, a automação pode ajudar a delegar tarefas, organizá-las por etapas de cumprimento, agilizar e facilitar as funções que precisam ser exercidas por cada um dos integrantes. Um recurso de geolocalização no smartphone utilizado pode ajudar a tornar essa experiência mais integrada e automatizada.

Um “robô” embarcado pode enviar mensagens automáticas de local, status e progresso de tarefas ou mesmo ajudar a sistematizá-las, entregando a cada responsável a fase exata de processo a intervir.

Com isso, as equipes que trabalham remotamente (no todo ou em partes) conseguem se organizar muito melhor, ter maior noção dos fluxos de trabalho e pular “tarefas repetitivas” ou “automáticas” que cumprem a função de aviso e “catalogação” ou “classificação” da etapa dos trabalhos, ajudando no acompanhando, visualização e compreensão dos níveis de tarefas pelos usuários envolvidos (podendo estar amparadas em uma estrutura de SaaS ou PaaS, por exemplo).

Postado por Kyros Tecnologia em 11 abril, 2019


Comentários

[e-Book] Guia completo para investir em BI

POSTS RELACIONADOS