Está pensando em desenvolver ou reformular o site da sua empresa? Te contaremos alguns cuidados importantes antes de partir para o desenvolvimento.

3838

7 fatos que você precisa saber antes de criar o seu site

Criar um site para a companhia, quando não apenas necessário, geralmente se torna também etapa empolgante para o negócio.

Afinal, com ele a empresa espera atrair e reter mais clientes, divulgar bem os serviços, posicionar melhor a marca, interagir.

No entanto, depois da decisão de criá-lo, é necessário saber alguns fatos importantes antes de partir para o desenvolvimento.

Esse conhecimento permitirá que se realize um trabalho muito mais certeiro, planejado e de resultados satisfatórios!

Curioso para desvendá-los?

Acompanhe a seguir:

1# A importância de um domínio registrado

Ter um site com domínio próprio (www.nomeescolhido.com.br) agrega valor e reconhecimento à empresa.

Em geral, os clientes consideram mais “sério” um negócio com essa característica, o que pode despertar confiança na hora de fechar negócios mais rapidamente.

2# Escolher um bom provedor de hospedagem

Da mesma forma, escolher a hospedagem do site também é de suma relevância, pois isso pode influenciar no desempenho e na experiência (fácil/estável) que o cliente tem ao acessá-lo.

3# O melhor fornecedor contribui para o sucesso (ou não)

Um fornecedor que tenha experiência, domínio e que esteja atualizado nas melhores ferramentas para desenvolver o site, contribui para que se possa implementar as melhores práticas nele e encantar os clientes com uma experiência envolvente.

4# Planejar bem a estrutura do seu site ajuda a evitar erros e falhas mais comuns

E reflete diretamente no seu desempenho assim como em outras qualidades essenciais como navegabilidade, encantamento e engajamento de clientes.

Isso também facilitará a implementação de um programa de gestão de testes eficaz, que fará com que a versão final chegue muito mais aperfeiçoada e certificada ao cliente de fato.

5# O conteúdo é bastante responsável pela conversão

O site deve representar a instituição e mais que “vender” ou apresentar produtos e serviços, deve sobretudo formar no cliente uma boa imagem, transmitir confiança e inspirar profissionalismo.

Em outras palavras, traduzir os valores, compromisso e a qualidade da empresa. Ter um conteúdo qualificado é importante e nessa parte entra inclusive o design, que em conjunto pode gerar maior engajamento.

Para isso o site precisa ser atrativo e também utilizar uma linguagem adequada para os clientes que espera receber.

6# Bom gerenciamento e atualizações são indispensáveis

Engana-se quem pensa que um script pronto definirá sempre seu site.

É verdade que ele precisa desejavelmente ter alguns requisitos ou páginas básicas, como “Quem somos”, história, trajetória…mas deve ser frequentemente alimentado com novidades sobre a empresa, os treinamentos, os eventos que promove ou participa, os lançamentos.

Atualização constante do portfólio também é importante, tanto para vender mais quanto para não correr o risco de atrair um consumidor por algum produto ou serviço que já esteja fora de circulação, ou com preço desatualizado, o que pode dar um “ar” de propaganda enganosa e comprometer a seriedade do canal.

Telefones atualizados e links para as redes sociais também são bem-vindos.

Mostrar que a empresa “se move”, se moderniza e que não é estática, é essencial para se manter próximo dos clientes. Aliás, sites que utilizam propriedades dinâmicas estão entre as maiores dicas de desenvolvimento.

7# Avaliar a opção de um blog também faz parte do processo

Por fim, vale refletir a respeito do que você verdadeiramente espera com seu site. Se inicialmente for apenas criar uma página para rápida divulgação que seus clientes encontrem a empresa, investiguem melhor o que ela faz e obtenham dicas que a tornarão referência em determinado assunto, o blog pode entrar em cogitação.

Ou mesmo os dois.

O site em geral posiciona a empresa e permite um menu rápido para uma série de produtos, serviços, informações comerciais e apresentações. Além disso, auxilia na solidificação de uma identidade visual e de negócio. Um blog, por sua vez, pode introduzir a empresa e ajudar na construção de autoridade.

Ambos são muito importante e muitas empresas começam sua jornada na web com o blog, por ser geralmente um recurso acessível e menos custoso.

Porém, conforme vai passando o tempo e ainda mais se a empresa tiver uma atuação mais mercadológica, faz-se imprescindível a criação e formalização do site até mesmo para a credibilidade da empresa.

Nessa fase as duas ferramentas podem se completar bastante à medida que a estratégia da empresa vai crescendo e abre espaço para que a empresa invista cada vez mais na diversificação de canais.

Da mesma forma ela pode começar a pensar em expandir sua comunicação e interação com o público para outros meios complementares, como o desenvolvimento e uso de um aplicativo próprio disponibilizado aos clientes, por exemplo.

E aí, sua empresa já considerava esses fatores antes de partir para a criação de um site de fato? Está precisando de ajuda nessa tarefa? Fale com a Kyros! Podemos e queremos ajudar!

Postado por Kyros Tecnologia em 22 setembro, 2017


Comentários

POSTS RELACIONADOS