Quer descobrir como potencializar um site responsivo? Ou irá criar o seu e quer entender quais atrativos podem ser incrementados para destaque em meio aos outros? Leia e descubra!

6907

Como tornar seu site responsivo ainda mais atrativo?

Atingir o público-alvo de maneira adequada é e sempre foi um dos maiores desafios das empresas e dos negócios. Afinal, o sucesso da organização depende, quase sempre, da efetividade desse esforço.

Os sites, nesse contexto, continuam sendo importantes ferramentas que representam as marcas e permitem um canal para captação e interação de clientes, não podendo ser deixados de lado no planejamento de uma estratégia. Nesse ponto, entram as versões e os sites responsivos (como já falamos aqui).

Além de representarem uma forma de responder às demandas atuais de consumo e de busca de informações pela internet, adaptando-se à “mobilidade”, eles traduzem muitas vezes a própria identidade da empresa, frente ao universo de opções disponíveis no mercado. Logo, não basta ter, pois que inovar nesse espaço torna-se essencial.

Segundo o levantamento “30ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologias nas Empresas”, feito pela FGV, o Brasil tem 230 milhões de smartphones em uso. Isto ressalta o quão imprescindível é levar esse meio em conta.

Veja a seguir a real importância de ter um site responsivo, assim como ideias de como agregar valor à experiência do seu cliente neste canal. O que hoje se torna o diferencial:

Apresentação e User Experience

No que se refere ao design, ideias como disponibilizar um “tour” virtual (360º) a partir de um clique a mais, trabalhar com recursos de “realidade aumentada” (RA) ou investir em UX podem ser conceitos ainda a serem explorados por empresas que visam atrair mais atenção do seu público e valorizar essa experiência de contato com o site.

Já são comuns sites responsivos que tem a chamada “rolagem infinita”, nos quais todos os itens estão dispostos ao longo de uma mesma página, que aparecem quando “puxada” para cima. Estas podem substituir menus que podem, dependendo do dispositivo, gerar complicação ao navegar.

Em geral, algumas melhorias são feitas para o site passar uma boa impressão, como texto legível sem exigência de zoom e espaço adequado para os alvos de toque sem necessidade de rolagem. Imagens especialmente dimensionadas para o espaço da tela, e mesmo a supressão de imagens desnecessárias também são fatores de atenção.

No entanto, que tal incluir novidades que chamem a atenção direcionando o cliente conforme seus interesses, sempre que cabível? O importante é que sua experiência não seja só fácil, mas igualmente agradável.

As novidades podem estar organizadas no layout de modo a destacar, por meio de ícones (figuras) ou de palavras, possíveis interesses dos clientes aleatoriamente dispostas sobre a página, permitindo que eles “personalizem”/guiem sua experiência com cliques, de acordo com suas preferências.

Funcionalidades

Aqui podemos abordar recursos como os bots e os chatbots que já se integrem automaticamente a recursos de costume do cliente, como o whatsapp, por exemplo, permitindo dar continuidade total ao atendimento do modo que é mais conveniente para ele. Eles podem ser atrativos do site responsivo, posicionados em pontos estratégicos e de forma intuitiva e adaptável, o que evita que o cliente tenha que procurar outro canal da empresa.

Tudo isso retém a atenção e ajuda a evitar a “debandada” de leads por dificuldade em acessar e encontrar informações e serviços mais detalhados no site. E é uma forma de aumentar o potencial de sua empresa oferecer ajuda. Por mais que as informações estejam claras e consistentes no site, não raramente o cliente tem dúvidas específicas, como preço ou condições de serviços, que podem ser esclarecidas mais facilmente por meios como esse.

Integre a um app

Integração do site com aplicativos pode tornar a experiência mais interessante. Podem ser aplicativos pré-existentes, como Youtube, por exemplo – caso a empresa tenha um canal e disponibilize vídeos institucionais, sobre os produtos, depoimentos, tutoriais ou com dicas diversas.

Nesse caso, sites responsivos funcionam inclusive como “chamarizes” para outros formatos e canais de mídias digitais da empresa, o que ajuda a estreitar o relacionamento e a engajar em mais ações de “imersão” no universo dela, entregando utilidade e gerando identificação.

Um usuário, desse modo, pode se inscrever no canal e acompanhar mais publicações posteriormente ou enviar dados de interesse, que podem auxiliar a traçar um perfil e a personalizar ainda mais a experiência dele.

Além do mais, sites responsivos são melhor classificados pelo Google para aparecem primeiro nas pesquisas. Um site responsivo bem planejado, pode melhorar o tempo de carregamento em dispositivos móveis, nos quais a internet costuma ser mais lenta.

Por aumentar, naturalmente, a quantidade de acessos por dispositivos móveis, os sites responsivos podem ter o efeito de turbinar a presença, por compartilhamento de links nas redes sociais, pois essas são mais naturais e integradas nestes dispositivos.

E então, que tal pensar em um bom site responsivo para sua empresa? Precisa de ajuda para planejá-lo e desenvolvê-lo? Fale com a Kyros!

Postado por Flávio Nogueira em 29 maio, 2019


Comentários

Infográfico: Uma visão geral do cenário de TI

POSTS RELACIONADOS