A Inteligência Artificial tem o potencial de agilizar os processos de negócios, melhorar os serviços ao cliente e alavancar resultados.

1705

Inteligência artificial aplicada aos negócios

Embora o termo Inteligência Artificial tenha surgido em 1955 por John McCarthy, que a define como “a ciência e engenharia de produzir máquinas inteligentes”, o primeiro conceito de uma máquina simulando a lógica e inteligência humana foi concebido por Alan Turing anos antes.

A Inteligência Artificial é definida como toda inteligência similar à humana exibida por computadores, aplicações e dispositivos. É o ramo da ciência da computação destinado ao estudo dos agentes inteligentes, os quais são sistemas que percebem o ambiente e realizam ações com um certo nível de inteligência, maximizando os resultados. É o estudo de como produzir sistemas que realizam atividades que simulem a maneira como o ser humano raciocina e toma decisões.

Caso você tenha utilizado o sistema de reconhecimento de voz do Google, tenha encontrado algum filme graças às recomendações da Netflix, ou tenha utilizado o reconhecimento de face do Facebook, você já utilizou da inteligência artificial, mesmo que não tenha se dado conta desse processo ou dos algoritmos que ele utilize.

A IA possui várias áreas de especialização, abaixo algumas delas:

· Jogos: Em 1996, o Deep Blue da IBM se tornou o primeiro programa de computador a derrotar o campeão mundial em uma partida de xadrez ao vencer Garry Kasparov por um placar de 3,5 a 2,5. Em 2011, o Watson da IBM bateu dois dos maiores jogadores do Jeopardy. Embora o computador tenha evoluído para um sofisticado sistema de análise de cuidados de saúde ao longo dos anos, inicialmente foi concebido para responder simplesmente a perguntas pronunciadas em linguagem natural.

· Sistemas especializados: Os principais componentes de um Sistema especialista são uma base de conhecimento alimentada por um especialista, uma máquina de inferência e uma memória de trabalho. Isso é o que Watson é hoje. O computador alimentado por IA pode absorver e processar dados muito mais rapidamente do que os seres humanos, e é por isso que Watson diagnostica o câncer com 90% de exatidão (enquanto médicos bem treinados estão equivocados em 50% de todos os casos);

· Reconhecimento de fala: Graças aos esforços da Apple AI, você pode pedir Siri para pedir pizza ou encontrar a loja mais próxima – e você não tem que digitar nada a mais;

· Aprendizagem de máquina: A pesquisa do Google agora é aprimorada com algoritmos de aprendizado de máquinas que fornecem aos usuários conteúdo relevante – e essa é uma das razões pelas quais o SEO tradicional está lentamente morrendo;

· Robótica: Muitos cirurgiões agora utilizam robôs assistentes em microcirurgias. O HipNav é um sistema que emprega técnicas de visão computacional para criar um modelo tridimensional da anatomia interna de um paciente, e depois utiliza controle robótico para orientar a inserção de uma prótese de substituição do quadril. Spread, uma empresa de produção de alface do Japão, anunciou planos para equipar suas fazendas com robôs que irão colher 30 mil cabeças de alface todos os dias. Robôs também podem monitorar instalações de armazém, navegar com clientes nas lojas e cuidar da bagagem dos visitantes em hotéis e estações ferroviárias.

· Diagnóstico: Programas de diagnóstico médicos baseados na análise probabilística foram capazes de executar tarefas no nível de um médico especialista em diversas áreas da medicina.

A Inteligência Artificial tem o potencial de agilizar os processos de negócios, melhorar os serviços ao cliente e alavancar dados orientados por sensores para marketing e publicidade. Veja alguns exemplos de aplicação da inteligência artificial nos negócios:

– Chatbots: Nova criação do Facebook, o chatbot é um programa de IA que se comunica com os usuários no Messenger de forma a parecer um ser humano interagindo com estes, permitindo que o usuário faça pedidos, compras, se informe e se oriente. Empresas como Airlines e HP vem utilizando desta tecnologia. A Airlines construiu um bot Facebook para ajudar os viajantes com documentos de check-in e enviar notificações sobre o status do voo. A HP desenvolveu um Print bot que permite que os usuários enviem arquivos para a impressora diretamente do Messenger.

– Automatização da carga de trabalho: A Inteligência Artificial permitirá que programas inteligentes diminuem a carga de trabalho, permitindo que as empresas utilizem seus recursos de forma mais eficaz. Um exemplo disso é uma empresa de eletricidade da França que utiliza drones e um aplicativo de processamento de imagens com tecnologia IA para monitorar sua infra-estrutura evitando se que sejam vistoriados constantemente por funcionários humanos.

– Gerenciamento e análise de dados eficazes: Gartner estima que 8,4 bilhões de “coisas” conectadas estarão em uso em 2017. À medida que mais empresas começam a usar soluções da internet das coisas para fins comerciais, a quantidade de dados gerados por sensores inteligentes têm aumentado significativamente. A Inteligência Artificial pode reduzir esses dados a algo significativo e obter uma visão melhor sobre o gerenciamento de ativos e de pessoal. Posts na mídia social pode ajudar as empresas a verificar perfis dos futuros funcionários, identificar conteúdos impróprios (racistas, homofóbicos…), identificar perfis de possíveis clientes, isso tudo graças a algoritmos inteligentes que rastreiam a internet realizando uma busca que nenhum ser humano seria capaz de realizar.

Hoje em dia a IA vem ganhando espaço nas empresas reduzindo tempo, erros e, o que é mais importante, custos. Agora é muito mais fácil uma pessoa realizar o trabalho que antes era feito por várias, com a ajuda de uma máquina que permite automatizar e simplificar algumas das tarefas diárias. Portanto, coisas que antes pareciam que nunca iam chegar ou que pareciam fictícias, estão sendo incorporadas pouco a pouco na vida das pessoas e de fato, nas atividades operacionais de negócios que usam este tipo de “inteligência” para alavancar seus resultados e conseguir revolucionar seu serviço.

E aí, gostou do post? Entre em contato com a Kyros para saber como é possível aplicar a Inteligência Artificial na sua empresa.

Postado por Aliel Antonio em 12 abril, 2017


Comentários

[e-Book] Guia completo para investir em BI

POSTS RELACIONADOS