8024
Tecnologia da informação deve avançar com as 10 profissões do futuro

A Quarta Revolução Industrial, impulsionada pela transformação digital, está criando uma demanda por milhões de novos empregos. O relatório Jobs of Tomorrow: Mapping Opportunity in the New Economy, do Fórum Econômico Mundial, realizado em 2020, traz dados sobre oportunidades emergentes de emprego na economia global.

Os dados revelam que 96 empregos em 7 grupos profissionais estão emergindo em conjunto, refletindo uma demanda mista de habilidades digitais e humanas que impulsionam o crescimento nas profissões do futuro. Os empregos do futuro deverão crescer 51% até 2022 e oferecerão 6,1 milhões de oportunidades globais.

Diante destes dados, conheça as 10 principais profissões da área detecnologia da informação em ascensão e reflita se está preparado para este novo mercado.

Por que a área de tecnologia é tão importante e está em ascensão nos últimos anos?

Se nos últimos anos a transformação digital invadiu todos os setoresda sociedade, causando disrupção e uma radical aceleração na digitalização de segmentos inteiros da economia. A transformação digital decorrente, principalmente, da globalização, trouxe recursos tecnológicos para o dia a dia e exerce grande influência no alcance de resultados efetivos nas empresas.

No Brasil, o setorde tecnologia cresceu, em média, 118% nos últimos 10 anos, segundo o Empresômetro, empresa de inteligência de negócios. O setor de serviços foi o que mais cresceu.

Os profissionais com conhecimentos e facilidade em tecnologia, inovação e áreas criativas se destacarão e algumas profissões serão fundamentais para que as empresas sobrevivam.

  1. Analista e cientista de dados

Analistas e cientistas lidam com dados brutos, convertendo-os em insights de negócios para ajudar os líderes empresariais e gestores a tomarem as melhores decisões.

Ambos aplicam técnicas de análise de dados, mas a sua abordagem, tecnologia e função diferem entre si. O analista avalia o impacto dos eventos nas operações diárias da organização. Já o cientista de dados analisa como os eventos impactarão o futuro da empresa.

Eles usam tecnologias por meio das quais podem acessar e analisar os dados em diferentes operações. Como os dados são gerados em um Big Data, é comum usar soluções de plataformas baseadas na nuvem.

A atuação de ambos é importante, pois enquanto na análise são exploradas as tendências passadas, o cientista de dados faz análises preditivas acerca delas.

2. Especialista em IA e Machine Learning

O especialista em Inteligência Artificial e Machine Learning tem o domínio perfeito da ciência, matemática, engenharia e tecnologia. Ele projeta e cria objetos artificiais, que solucionem problemas ou executem seu trabalho de forma independente.

Ao mesmo tempo, pesquisa e desenvolve algoritmos utilizados na criação de sistemas inteligentes, dispositivos que fazem previsões sobre a demanda de produtos e serviços específicos, além de explorar o Big Data.

Sua importância está na proporção direta do crescimento da IA, que está mais presente nas nossas vidas, por causa de assistentes pessoais e da IoT (Internet das Coisas). O próximo passo será desenvolver formas para ensinar máquinas.

3. Desenvolvedor de software

Essa é uma das carreiras mais valorizadas do mercado, em função da internet e da computação. Os desenvolvedores de software criam programas a partir de um conjunto de códigos para automatizar processos organizacionais.

Eles compreendem, executam, realizam a manutenção e corrigem possíveis erros de programas, plataformas e linguagens que auxiliam nos serviços da empresa.

4. Especialista em Big Data

Profissionais que lidam com bancos de dados estão entre os mais procurados do mercado. E para ter acesso a todos esses dados, o especialista em Big Data é capaz de colocar ordem no volume de dados produzido diariamente e extrair o máximo de seus recursos para a expansão da empresa.

A vantagem é que quanto mais acesso aos dados a empresa tiver, mais qualificados estarão seus processos e mais à frente da concorrência estará.

5. Especialista em transformação digital

O especialista em transformação digital trabalha visando a inovação e questiona a forma como os processos estão estruturados. Sua tarefa é reestruturar absorvendo uma cultura digital para ganhar produtividade. Para sua empresa realmente se inserir nesse contexto, a mudança deve ser completa. Além disso, toda a equipe de gestão deve entender o momento e se capacitar.

A transformação digital faz parte do progresso tecnológico. A função deste profissional é fazer a empresa entender seus objetivos, ter clareza sobre os entraves burocráticos e até onde está disposta a mudar o modo de agir.

6. Especialista em novas tecnologias

O especialista em novas tecnologias é um profissional antenado com as novas tendências de mercado. De acordo o Gartner, as 10 principais tendências de tecnologia estratégica para os próximos anos são: blockchain, inteligência artificial, computação de borda, privacidade e ética, computação quântica, experiências imersivas, análise aumentada, coisas autônomas e gêmeos digitais.

Eles ajudam as organizações a entenderem os benefícios das novas tendências e as formas de investir nelas. São fundamentais para aumentar a produtividade e competitividade da empresa.

7. Serviços de informação e tecnologia

Gestão da Tecnologia da Informação é a administração dos recursos tecnológicos utilizados no processo de tratamento da informação de uma organização.

O processo envolve coleta, armazenamento, processamento, seleção, comparação, distribuição e avaliação de dados, depois convertidos em informações úteis para a tomada de decisão.

É importante porque aplica uma série de modelos, metodologias, processos, técnicas e ferramentas para ajudar a organização a alcançar seus objetivos estratégicos. Vai além da informática e envolve pessoas, processos e tecnologia.

8. Gerente de operações

Gerente de operações é o responsável pela administração da produção de uma empresa. Sua responsabilidade é administrar os recursos envolvidos pela função produção da organização.

Entre suas responsabilidades diretas estão: conhecer os objetivos estratégicos da produção; desenvolver estas estratégias; cuidar de projeto (design) dos produtos, serviços e processos de produção; planejamento e controle de produção (PCP); e administração da qualidade total.

9. Profissional de marketing e vendas

O profissional de Marketing vem se reinventando nos últimos anos. Além de ser focado em criatividade, tem hoje outras exigências a atender. Por exemplo, a capacidade analítica de dados e foco em resultados. Afinal, com o avanço da era digital, os consumidores buscam produtos e serviços de outras formas.

Ele cria estratégias para tornar produtos ou serviços mais atraentes aos consumidores e aumentar as vendas. Para conquistar esse objetivo, ele precisa conhecer áreas como análise de dados, comportamento do consumidor, marketing digital, publicidade e vendas.

Tudo começa com estudos de mercado para entender quem é o consumidor. Assim, o profissional de marketing trabalha para antecipar e satisfazer os desejos de clientes e prospects. É o especialista que leva a marca aos consumidores.

10.  Especialista em desenvolvimento organizacional

Este especialista promove iniciativas para aumentar a participação dos colaboradores nas empresas. É uma nova visão que enfatiza as relações interpessoais e os processos grupais.

Vai trabalhar crenças, valores e estruturas organizacionais para melhorar a adaptação da empresa ao processo de inovação e ao mercado em geral. O que é muito importante para melhorar o clima organizacional.

Estas são as principais profissões do futuro. Se você gostou, fique por dentro das nossas vagas na página de oportunidades.

Postado por Kyros Tecnologia em 23 julho, 2020


Comentários

POSTS RELACIONADOS